Buscar
  • Mobili

Investir em ginástica laboral para minha equipe vale a pena?


Um clima organizacional positivo e um mobiliário ergonômico e de qualidade no escritório são inciativas fundamentais para garantir o bem-estar e a satisfação dos colaboradores da empresa. Mas, a ginástica laboral é outra opção que surge para contribuir com a saúde dos funcionários.


Se preocupar com a qualidade de vida dos colaboradores é uma demanda do meio corporativo na atualidade. A ginástica laboral, além de assegurar melhora na saúde e na disposição dos funcionários, ainda contribui para maior produtividade.


Existem inúmeros benefícios de se adotar um programa de ginástica laboral. Entre estes estão a melhora da saúde física e mental da equipe, redução do estresse e fadiga e aprimoramento do condicionamento físico.


Surgimento


A ginástica laboral foi criada como forma de prevenir problemas causados por lesões e distúrbios relacionados ao ambiente de trabalho. A prática surgiu por volta de 1925, na Polônia, e espalhou-se pela Europa na década de 1960. Logo depois, no Japão, foi adotada com o conceito de ginástica laboral compensatória. Foi implantada no Brasil em 1973.


Visa quebrar o ritmo no ambiente de trabalho e diminuir a tensão por meio de movimentos físicos leves. Tais movimentos se adequam as demandas dos funcionários. Também propõe integração da equipe, uma vez que todos reúnem-se em um momento mais descontraído durante a rotina de trabalho.


Benefícios


A qualidade de vida é comprometida pelo sedentarismo e por ações repetitivas não apenas laborais, mas pelo uso da tecnologia. Já no escritório, a má postura e os movimentos característicos de cada função podem levar a problemas de saúde como o DORT (Distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho) e a LER (Lesões por Esforços Repetitivos). É comum que os colaboradores sofram com dores lombares, no pescoço, nos braços e nas pernas.


Frente a isso, um programa de ginástica laboral na empresa pode ajudar a mudar essa realidade. Práticas de exercícios que duram de 10 a 20 minutos, no próprio ambiente de trabalho, e de duas a três vezes por semana, geram resultados satisfatórios.


Entre os benefícios da ginástica laboral podem ser enumerados:


– desenvolvimento da consciência corporal;

– redução do estresse e do cansaço;

– melhora da concentração;

– aumento da flexibilidade;

– fortalecimento muscular;

– elevação da autoestima.


A prática traz ainda outras vantagens como: melhora do clima organizacional, aumento da produtividade e redução do absenteísmo, índices de afastamento e doenças ocupacionais.


Implantação


Para implantar um programa de ginástica laboral na empresa é imprescindível contar com a orientação de profissionais de educação física e da área de saúde ocupacional. Há vários tipos de ginástica laboral e a prática deve atender as necessidades da equipe, por isso é necessária uma avaliação prévia.


A ginástica laboral pode ser preparatória (antes do início da jornada de trabalho), compensatória (durante a jornada de trabalho) ou de relaxamento (no fim do expediente). Há ainda outros tipos, como a corretiva ou a terapêutica.


Cuidar da saúde e do próprio corpo é de extrema importância para evitar problemas durante a vida profissional. Uma empresa que adota maneiras de proporcionar bem-estar aos seus colaboradores mostra um perfil responsável e de valorização do capital humano.

0 visualização

© MOBILI | VALORIZAMOS ESCRITÓRIOS

CONTATO

Construir o seu escritório é um grande marco, por si só. O que guia nossas ações é poder te conquistar com a nossa sensibilidade e com alto padrão dos nossos móveis.

Edf. Empresarial Manoel Dias 
Av. Manoel Dias da Silva, 486, loja B. 

Pituba, Salvador - BA. CEP 41.830-001

(71) 3014-0141

contato@mobiliescritorios.com.br

AGENDE UMA VISITA

  • Instagram
  • Facebook
  • Ícone cinza LinkedIn